Rio faz repescagem na vacinação em todos os dias desta semana

Procuradoria do Peru investiga Keiko Fujimori por suspeita de suborno
julho 6, 2021
Indicador de mercado de trabalho apresenta melhora em junho
julho 6, 2021


Esta semana, para aumentar a imunização no grupo de pessoas a partir de 40 anos, a Prefeitura do Rio decidiu fazer repescagem na aplicação das doses da vacina contra a covid-19 durante todos dos dias da semana. Quem perdeu a data prevista para a vacinação deve se dirigir aos postos no período da tarde. Para as gestantes, puérperas e lactantes os dias de vacinação são hoje (6), na sexta-feira (9) e na quarta-feira (14).

Conforme o calendário para a semana, nesta terça-feira as doses serão aplicadas em homens com 42 anos ou mais. Amanhã, o dia será para as pessoas com 41 anos ou mais, sendo mulheres pela manhã e homens à tarde. Na quinta-feira mulheres de 40 anos ou mais, na sexta homens com a mesma faixa de idade e no sábado todos a partir de 40 anos.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, disse que 80% das pessoas internadas por covid-19 têm idade acima de 40 anos. Nesse momento, segundo Eduardo Paes, as pessoas entre 40 e 59 anos de idade representam 45% de todas as internações. “Por isso, é muito importante completar logo a vacinação desta faixa etária. E estamos prontos para fazer isso até esse sábado. Excepcionalmente, nessa semana vamos permitir a repescagem das pessoas de 40 anos ou mais, todos os dias à tarde. Isso não se repetirá mais à frente”, informou o prefeito no seu perfil no Twitter.

“Se você tem mais de 40 anos e ainda não se vacinou, não deixe de fazê-lo logo. É importante para salvar sua vida e a dos outros. E muito importante: TODAS as vacinas são eficazes e têm ajudado muito na diminuição de mortes e casos graves! Bora vacinar”, completou na mensagem.

Distribuição

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio está fazendo a distribuição de 755.400 doses de vacinas contra a covid-19 aos 92 municípios do estado. Ao todo serão encaminhadas 190.710 doses da Pfizer para primeira fase, 328.990 doses da vacina Oxford/AstraZeneca para segunda aplicação e 235.700 doses de Janssen em dose única.

Os municípios do Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo, Maricá e Itaboraí puderam fazer a retirada das doses ontem (5), diretamente na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) da SES, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Nesta terça-feira, os comboios de vans e caminhões estão saindo da CGA, com escolta da Polícia Militar, para fazer as entregas aos municípios das regiões Metropolitana I e II, Médio Paraíba, Serrana e Centro Sul. Além disso, a SES utiliza quatro helicópteros para levar os lotes para as regiões da Costa Verde, Norte, Noroeste e Baixada Litorânea. Uma aeronave é da Saúde, duas do governo do Estado e uma do Corpo de Bombeiros.

O secretário de estado de Saúde, Alexandre Chieppe, lembrou que na semana passada foi publicada a terceira edição do Calendário Único, que antecipou mais uma vez a vacinação da população do estado. “A previsão é de que, até o fim de agosto, todas as pessoas com 18 anos ou mais estejam imunizadas com a primeira dose. Estamos avançando na imunização, mas é importante que a população retorne aos postos para tomar a segunda dose do esquema vacinal, pois somente assim alcançaremos a imunização coletiva”, alertou.

Como ocorreu nas outras remessas, a SES envia ofício para as secretarias municipais de Saúde para reforçar a importância de que os responsáveis técnicos e gestores municipais organizem suas ações de vacinação, com prioridade para os grupos definidos no Programa Nacional de Imunizações, e respeitando as doses que são destinadas para a primeira ou segunda aplicação. “A SES reitera que não há reserva técnica para reposição das vacinas, caso a administração das doses não siga o especificado, e destaca que a gestão da aplicação das doses e o registro são de competência municipal”.





Fonte Agência Brasil

Compartilhe agora