Remo vence Independente em duelo paraense nas quartas da Copa V

Presidentes da Câmara e do Senado defendem novo auxílio emergencial
fevereiro 3, 2021
Caixa aumenta em 20% oferta de crédito rural no primeiro semestre
fevereiro 3, 2021


O Remo largou com vitória nas quartas de final da Copa Verde. Nesta quarta-feira (3), o Leão Azul bateu o Independente-PA por 2 a 0, no jogo de ida realizado no estádio Mangueirão, em Belém. A TV Brasil reprisa amanhã (4) o triunfo remista, às 15h30 (horário de Brasília). A partida de volta será no próximo domingo (7), às 16h, no estádio Navegantão, em Tucuruí (PA). Os azulinos têm a vantagem do empate, e podem até perder por um gol de diferença que mesmo assim asseguram a classificação às semifinais.

A forte chuva na capital paraense deixou o gramado do Mangueirão pesado e com pontos de alagamento. Mesmo em meio à dificuldade para trocar passes, o Remo conseguiu ter o controle do jogo desde o começo. Aos 27 minutos, o atacante Augusto encobriu o goleiro Gerson e acertou a trave. Já aos 33 minutos, o atacante Wallace aproveitou o rebote do arqueiro do Independente e bateu de “cavadinha”, balançando as redes.

A missão do Galo Elétrico ficou mais difícil no segundo tempo, com as expulsões do atacante Danrlei (herói da classificação às quartas de final, marcando dois gols contra o Rio Branco-AC) e do zagueiro Pedrão. Por fim, aos 44 minutos, o lateral Ronald cruzou e o volante Lailson, de cabeça, ampliou a vantagem remista, dando números finais à partida.

Em reformulação após o vice-campeonato da Série C do Campeonato Brasileiro, o Remo atuou sem dez jogadores da campanha que culminou na volta à Série B nacional. Entre os que não tiveram o contrato renovado, está o atacante Salatiel, autor do gol do acesso no clássico diante do Paysandu. A equipe azulina também não teve o técnico Paulo Bonamigo no banco de reservas. Ele e o auxiliar Edson Gonzaga se recuperam do novo coronavírus (covid-19). O coordenador técnico João Nasser Neto dirigiu o Leão contra o Independente.

Empate entre bicampeões

No outro duelo desta quarta-feira, Manaus e Paysandu empataram por 1 a 1 no estádio Bezerrão, no Gama (DF). O jogo de volta também será domingo, às 16h, mas no Mangueirão. Em caso de mais uma igualdade, a decisão da vaga às semifinais será nos pênaltis. O confronto opõe os dois maiores campeões da Copa Verde, com dois títulos cada.

O Papão saiu na frente aos 23 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio do lateral Bruno Collaço, o zagueiro Yan, com liberdade, cabeceou para as redes. O empate do Gavião veio aos 26 minutos em lance polêmico. O atacante Jackie Chan recebeu na entrada da área pela esquerda e chutou. A bola bateu no travessão e a arbitragem entendeu que a bola teria quicado dentro do gol, validando o empate – para revolta dos jogadores do Paysandu. Após longa paralisação, o jogo seguiu sem maiores emoções até o apito final.





Fonte Agência Brasil

Compartilhe agora