recheado de jovens, Santos empata com Santo André

Na estreia de Crespo, São Paulo fica no empate com Botafogo
março 1, 2021
Gómez garante vitória de Palmeiras sobre Grêmio
março 1, 2021


Em um jogo bastante movimentado no estádio do Canindé, em São Paulo, Santo André e Santos saíram iguais de campo na estreia de ambos no Campeonato Paulista de 2021: 2 a 2. O Santo André abriu o placar com Vitinho, o Santos virou com Jean Mota e Gabriel Pirani e o Ramalhão buscou o empate com Ramon. O Alvinegro praiano ainda não foi dirigido pelo argentino Ariel Holan, recém-contratado, que acompanhou a partida das tribunas. O auxiliar Marcelo Fernandes foi o responsável por comandar o time à beira do gramado.

O início da partida foi eletrizante. Com dois minutos, Vitinho aproveitou sobra de escanteio e colocou no ângulo direito da meta defendida por Vladimir para abrir o placar. Na sequência, Jean Mota apareceu dentro da área como centroavante para completar para o gol e empatar aos quatro minutos. O Santos entrou em campo com uma escalação formada na maioria por jovens.

E foram eles que combinaram para a virada, aos 24 minutos. O Peixe roubou a bola e em poucos passes chegou ao gol. Vinícius Balieiro, de 20 anos, e Gabriel Pirani, de 18, tabelaram e o segundo saiu na cara do gol para marcar. Foi o primeiro gol do jovem como profissional.

No início do segundo tempo, o Santo André conseguiu o empate. Após escanteio, Marino foi lançado e pegou a defesa santista desprevenida. Ele tocou por cima do goleiro Vladimir e Ramon empurrou para as redes. O VAR (árbitro de vídeo) ainda checou a possibilidade de impedimento, mas acabou validando o gol, que deu números finais à partida.

O Santos aparece na vice-liderança do grupo D, com um ponto, atrás do Mirassol. Com a mesma pontuação do Peixe, o Santo André aparece à frente do grupo A, junto com Botafogo-SP e Corinthians.

Apresentação de Ariel Holan

Sucessor de Cuca, que levou o Santos à final da Libertadores de 2020, o técnico argentino Ariel Holan será apresentado na manhã da próxima segunda-feira (1). Aos 60 anos, ele tem como grande credencial o trabalho à frente do Independiente de Avellaneda (Argentina), time pelo qual conquistou o título da Copa Sul-Americana de 2017, batendo o Flamengo na final, no Maracanã.





Fonte Agência Brasil

Compartilhe agora