Novak Djokovic alcança 10ª semifinal em Wimbledon

Câmara aprova criação de novo título de investimento em infraestrutura
julho 8, 2021
Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 40 milhões
julho 8, 2021


O tenista sérvio Novak Djokovic se classificou nesta quarta-feira (7) para as semifinais do torneio de Wimbledon ao derrotar Marton Fucsovics por 6-3, 6-4 e 6-4 em sua 50ª partida de quartas de final em torneio do Grand Slam, enquanto Roger Federer foi eliminado pelo polonês Hubert Hurkacz.

Djokovic, tenista número 1 do mundo, também somou sua vitória de número 100 na grama no circuito da ATP.

Embora esses números sejam impressionantes, para Djokovic a única estatística que importa é seu sonho de juntar-se a Roger Federer e Rafael Nadal no recorde de 20 títulos de Grand Slam e a possibilidade de se tornar o primeiro homem desde Rod Laver, em 1969, a vencer os quatro grandes torneios na mesma temporada.

“Estou ciente de certas estatísticas, amo este esporte com todo meu coração, corpo e alma, tenho me dedicado a ele desde os 4 anos”, disse o número um do mundo, que busca ganhar o terceiro título consecutivo em Wimbledon e o sexto em sua carreira.

“Às vezes as coisas me parecem surreais, mas tento viver o momento e aproveitar cada oportunidade que tenho na quadra. Passar para história é uma grande inspiração para mim”, declarou.

Na semifinal, Djokovic enfrentará o canadense Denis Shapovalov, décimo cabeça de chave, que em outra partida do dia derrotou Karen Khachanov por 6-4, 3-6, 5-7, 6-1 e 6-4.

Mais tarde, o sonho de Federer de ganhar um nono título recorde em Wimbledon terminou com uma dura derrota por 6-3, 7-6 (7-4) e 6-0 para o polonês Hubert Hurkacz.





Fonte Agência Brasil

Compartilhe agora