Fase de grupos da Libertadores tem pedreiras no caminho brasileir

Ao vivo: Caixa atualiza informações sobre auxílio emergencial
abril 9, 2021
BNDES seleciona dez projetos culturais que usam a internet
abril 9, 2021


A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) sorteou nesta sexta-feira (9) os grupos da primeira fase da Libertadores. Atual campeão, o Palmeiras está no Grupo A e terá pela frente o Defensa y Justicia (Argentina), ganhador da última Copa Sul-Americana e rival a quem já está enfrentando pelo título da Recopa Sul-Americana. Na última quarta-feira (7), o Verdão venceu na cidade de Florencio Varela (Argentina) por 2 a 1. O jogo de volta será na próxima quarta (14), às 21h30 (horário de Brasília), no Mané Garrincha, em Brasília.

O time paulista ainda pode ter como adversário o Grêmio se o Tricolor passar do Independiente del Valle (Equador), pela terceira fase preliminar da competição. O primeiro duelo é nesta sexta, às 19h15, no Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai). A volta será na quarta, no mesmo horário, em Porto Alegre. O Universitario (Peru) completa a chave alviverde.

tabela, grupos, chaves, Libertadores, 2021 - Conmebol

Reprodução Twitter/Conmebol

O Palmeiras não é o único brasileiro com pedreiras pela frente. Rei da América em 2019, o Flamengo tem outros dois campeões da Libertadores como rivais no Grupo G: LDU de Quito (Equador) e Vélez Sarsfield (Argentina). Ainda integra a chave o Unión La Calera (Chile), que recentemente eliminou Atlético-MG e Fluminense em edições da Sul-Americana.

São Paulo e Internacional também enfrentarão adversários com títulos da Libertadores no currículo. O Tricolor paulista encabeça o Grupo E, o mesmo do Racing (Argentina), campeão em 1967. O Sporting Cristal (Peru), vice em 1997, e o estreante Rentistas (Uruguai) são os demais clubes da chave. Já o Colorado integra o Grupo B, do tricampeão Olímpia (Paraguai), e que ainda conta com Deportivo Tachira (Venezuela) e Always Ready (Bolívia), que retorna ao maior torneio da América do Sul após 53 anos.

O Fluminense, que não disputava a Libertadores desde 2013, foi sorteado no Grupo D, ao lado do River Plate (Argentina), tetracampeão da América. A chave ainda tem o Independiente Santa Fé (Colômbia) e aguarda o ganhador do confronto entre Bolívar (Bolívia) e Junior Barranquilla (Colômbia), pela fase preliminar.

Caso se classifique na pré-Libertadores, o Santos cairá no Grupo C e terá um reencontro com o Boca Juniors (Argentina), a quem eliminou na semifinal da última edição. O Peixe decide essa vaga contra outro time argentino, o San Lorenzo. No jogo de ida, na última terça-feira (6), em Buenos Aires (Argentina), a equipe paulista venceu por 3 a 1. O segundo duelo será nesta terça (13), às 21h30, no Mané Garrincha. Completam a possível chave santista o Barcelona de Guayaquil (Equador) e o The Strongest (Bolívia).

O único clube brasileiro que não terá um campeão continental como rival na primeira fase é o Atlético-MG. Campeão em 2013, o Galo está no Grupo H, contra Cerro Porteño (Paraguai), América de Cali (Colômbia) e Deportivo La Guaira (Venezuela).

Os dois primeiros de cada chave avançam às oitavas de final. A fase de grupos se inicia no próximo dia 20 de abril. A decisão, por sua vez, está prevista para 20 de novembro, em local que ainda será anunciado pela Conmebol.

Grupos

Grupo A: Palmeiras, Defensa y Justicia (Argentina), Universitario (Peru) e vencedor de Grêmio x Independiente del Valle (Equador)

Grupo B: Olímpia (Paraguai), Internacional, Deportivo Tachira (Venezuela) e Always Ready (Bolívia).

Grupo C: Boca Juniors (Argentina), Barcelona (Equador), The Strongest (Bolívia) e vencedor de Santos e San Lorenzo (Argentina)

Grupo D: River Plate (Argentina), Independiente Santa Fé (Colômbia), Fluminense e vencedor de Bolívar (Bolívia) x Junior Barranquilla (Colômbia)

Grupo E: São Paulo, Racing (Argentina), Sporting Cristal (Peru) e Rentistas (Uruguai)

Grupo F: Nacional (Uruguai), Universidad Católica (Chile), Argentinos Juniors (Argentina) e vencedor de Libertad (Paraguai) x Atlético Nacional (Colômbia)

Grupo G: Flamengo, LDU de Quito (Equador), Vélez Sarsfield (Argentina) e Unión La Calera (Chile)

Grupo H: Cerro Porteño (Paraguai), Atlético-MG, América de Cali (Colômbia) e Deportivo La Guaira (Venezuela)



Fonte Agência Brasil

Compartilhe agora