Brasileiros conhecem primeiros rivais Libertadores Feminina

Suspensão de prova de vida vai até abril, diz presidente do INSS
fevereiro 23, 2021
Rodrigo Pacheco defende compra direta de vacinas pelos estados
fevereiro 23, 2021


A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) sorteou nesta terça-feira (23) os grupos da edição 2020 da Libertadores Feminina, que será disputada entre 5 e 21 de março na Argentina. Atual campeão, o Corinthians divide o Grupo A com El Nacional (Equador), Universitario (Peru) e América de Cali (Colômbia). As colombianas, inclusive, também foram rivais em 2019, quando o Timão levou o título. As equatorianas serão as primeiras adversárias, em data e horário que ainda serão anunciada pela entidade que organiza o torneio.

Classificada à Libertadores referente a 2020 pelo título da Série A1 (primeira divisão) brasileira do ano anterior, a Ferroviária foi sorteada no Grupo D, com Libertad Limpeño (Paraguai), Peñarol (Uruguai) e Universidad de Chile (Chile). A equipe paraguaia foi adversária das Guerreiras Grenás na campanha do vice-campeonato sul-americano de 2019 e será justamente a rival do time de Araraquara (SP) na estreia desta edição.

Atual vice nacional, o Avaí/Kindermann se credenciou à Libertadores de 2020 pelo terceiro lugar na Série A1 de 2019. As catarinenses se beneficiaram do título do Corinthians, que abriu mais uma vaga para o Brasil. Estreante na competição, o clube de Caçador (SC) caiu no Grupo B, com Deportivo Trópico (Bolívia), Santiago Morning (Chile) e Boca Juniors (Argentina). O primeiro jogo das catarinenses será com as bolivianas.

Detalhes da Taça Libertadores da América.

Detalhes da Taça Libertadores da América. – Bruno Teixeira / Agência Corinthians / Divulgação

A competição sul-americana estava inicialmente marcada para 25 de setembro a 11 de outubro do ano passado, no Chile, mas foi adiada devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Em novembro, a Conmebol anunciou a mudança da sede para a Argentina.

O futebol brasileiro venceu oito das 11 edições da Libertadores disputadas até hoje. São José (três títulos), Santos, Corinthians (ambos dois) e Ferroviária já levantaram a taça. Campeão em 2019, o Timão teve a primeira conquista em 2017, quando disputou o torneio em parceria com o Audax, e pode se igualar às joseenses, as maiores ganhadoras do principal torneio feminino de clubes da América do Sul.





Fonte Agência Brasil

Compartilhe agora