ISCMP terá novos irmãos e nova diretoria

Após aprovação do ingresso de novos irmãos, a expectativa é de que a quantidade de irmãos dobre até o final desta sexta-feira (17)

Após aprovação do ingresso de novos irmãos, a expectativa é de que a quantidade de irmãos dobre até o final desta sexta-feira (17)

Aconteceu na noite desta segunda-feira (13), a assembleia convocada pela Irmandade da  Santa Casa de Misericórdia de Pirassununga (ISCMP) com o intuito de recompor a entidade. Esta foi a primeira assembleia desde o início da intervenção administrativa decretada pela Prefeitura Municipal de Pirassununga em 10 de fevereiro de 2022, com o objetivo de para normalização dos serviços médicos e hospitalares prestados à população e  estabilização administrativa diante de iminente perigo da saúde pública.
Vinte e sete pessoas compareceram ao auditório da Santa Casa, onde foram aprovados o ingresso de novos irmãos; a isenção de débitos existentes dos irmãos perante a IMSCP; a convocação para inscrição de novas chapas; o início do procedimento e delineação do cronograma referente ao próximo mandato da Mesa Administrativa conforme estipulado no Estatuto Social e a concorrência de irmãos novos antes do previsto no estatuto.
Com essas decisões, nova eleição da Mesa Administrativa deverá ocorrer no próximo dia 10 de junho.
Até o momento da assembleia, 37 novos nomes se inscreveram à Irmandade. Porém, o prazo para entrega das fichas de inscrição termina nesta sexta-feira (17). A expectativa é de que o número de novos irmãos dobre até o final do dia.
Durante a reunião, um irmão relatou que ele e outros irmãos não concordavam com as ações de diretorias anteriores e propôs que fosse votado o impedimento de todos irmãos que ocuparam cargos desde 2013 para a composição da diretoria no próximo triênio.
O pedido foi aceito e a proposta foi colocada em votação: aprovada por 16 a favor e 3 contra.
Ao final da assembleia, vários componentes da atual Mesa Administrativa entregaram suas cartas de demissão ou declararam que deixariam a Irmandade – o que, de fato, aconteceu nesta quinta-feira (16).
Com nova configuração, a intenção é de que a recomposição da Irmandade coloque um fim à intervenção administrativa que se arrasta por mais de 2 anos.


É expressamente proibida a reprodução parcial ou integral de qualquer artigo ou matéria sem a devida autorização por escrito do Agora Região. Em caso de descumprimento todas as medidas judiciais cabíveis serão tomadas.

®


 

® Proibida a Reprodução sem a devida autorização!!!