A Arte da Coquetelaria:  Uma viagem pelos sabores e história dos drinks

Por Alexandre Bertin, especialista em destilados

A coquetelaria é uma forma de arte líquida que envolve a criação e preparação de bebidas alcoólicas misturadas com outros ingredientes, resultando em uma variedade de sabores e combinações únicas. Esta prática, que se tornou uma parte essencial da cultura de bares em todo o mundo, tem suas raízes em um passado fascinante.
Os primeiros registros conhecidos da coquetelaria remontam ao século XIX, quando os primeiros coquetéis começaram a surgir nos Estados Unidos. Inicialmente, os coquetéis eram simples misturas de destilados, açúcar, água e bitters, utilizados como remédios ou estimulantes. Com o tempo, porém, essas bebidas evoluíram para algo muito mais sofisticado e saboroso.
Uma das principais razões pelas quais os coquetéis ganharam popularidade é o fato de serem uma maneira mais suave de consumir bebidas destiladas. A diluição das proporções de álcool e a adição de ingredientes como sucos, xaropes e ervas proporcionam uma experiência de sabor equilibrada e acessível.
Além disso, a coquetelaria deu origem a uma figura fundamental no cenário dos bares: o bartender. Este profissional não apenas prepara os coquetéis, mas também atua como um verdadeiro artista, criando combinações únicas e personalizadas para cada cliente.
Todo bar especializado em coquetelaria deve possuir uma carta de drinks, que apresenta uma variedade de coquetéis clássicos e autorais. Os drinks clássicos são aqueles definidos pela International Bartenders Association (IBA), que incluem clássicos como o Martini, Manhattan e Caipirinha, entre outros. Por outro lado, os drinks autorais são criações exclusivas do próprio bar ou do bartender, muitas vezes inspiradas em ingredientes locais e nas preferências regionais.
Os bares que se dedicam à coquetelaria não só agregam uma nova fonte de receita aos estabelecimentos, mas também proporcionam experiências únicas aos clientes. A utilização de ingredientes locais e sazonais não só enriquece o sabor dos coquetéis, mas também promove os produtos da região e fortalece os laços com a comunidade local.
Em suma, a coquetelaria é muito mais do que apenas uma maneira de preparar bebidas; é uma forma de arte que combina história, cultura e criatividade em um copo. É um convite para explorar novos sabores, descobrir novas combinações e, acima de tudo, desfrutar da experiência única que apenas um coquetel bem feito pode proporcionar, enriquecendo e movimentando a economia local.
Na sua próxima visita a um bar, observe se eles sabem o que é isso!


É expressamente proibida a reprodução parcial ou integral de qualquer artigo ou matéria sem a devida autorização por escrito do Agora Região. Em caso de descumprimento todas as medidas judiciais cabíveis serão tomadas.

®


 

® Proibida a Reprodução sem a devida autorização!!!