Você sabe como acionar o 190?

COPOM: 190 é o número de telefone da Polícia Militar que deve ser acionado em casos de necessidade imediata ou socorro rápido

COPOM: 190 é o número de telefone da Polícia Militar que deve ser acionado em casos de necessidade imediata ou socorro rápido

Quando uma pessoa se depara com um crime ou é uma vítima ou situação perigo logo pensa em acionar o telefone de emergência 190. Mas você sabe para qual objetivo ele serve e como acioná-lo corretamente?
É o número de telefone da Polícia Militar que deve ser acionado em casos de necessidade imediata ou socorro rápido. O 190 está disponível de forma gratuita em todo o território nacional, 24h por dia.
Atualmente, todas as chamadas 190 são atendidas em um Centro de Operações da Polícia Militar (COPOMs).
Em Pirassununga e cidades vizinhas, a chamada é atendida no COPOM do Comando de Policiamento do Interior 9 (CPI-9), que atende as 52 cidades que compõem as áreas de 6 batalhões: Piracicaba, Limeira, Rio Claro, Americana, Sumaré e São João da Boa Vista.
O COPOM do CPI-9 atende, em média 3.800 ligações por dia. Em algumas épocas, como Natal e Ano Novo, a quantidade de chamadas aumenta consideravelmente: por exemplo, na noite de 24 de dezembro de 2023 (das 18h às 6h) foram atendidas 6.450  ligações através telefone de emergência 190. Desse total de chamadas atendidas na noite de Natal, foram geradas 1.164 ocorrências para atendimento das equipes policiais.
‘’Para se ter uma ideia, a média de ligações em 24 horas (00h às 23h59) nos sábados e domingos em 2022,  foi em torno  de 5.100 ligações. Em apenas 12 horas nós recebemos mais de 6.000 ligações”, destaca o Capitão PM Tiago Augusto, Chefe do Centro de Operações da CPI-9.
Segundo o Capitão PM Augusto, a centralização do atendimento das chamadas para o 190 proporcionou diversos benefícios como: a padronização do atendimento, aprimoramento e melhor aproveitamento dos recursos materiais e humanos, controle de qualidade e treinamento de efetivo especializado e agilidade no atendimento das chamadas com transbordo para outros COPOMs, além de um grande investimento em ferramentas tecnológicas à disposição da população.
“Ainda há algumas reclamações, principalmente nos Consegs, a respeito de eventuais demoras no atendimento. Porém, é preciso esclarecer que, o sistema de “Árvore de Decisões” é crucial para o sucesso no atendimento de emergências. Esse sistema permite o desfecho ideal para cada ocorrência. É um padrão de perguntas que auxilia o policial militar na tomada de decisões. Ele permite, inclusive, que seja acionada uma viatura até o local da ocorrência imediatamente, ainda durante a ligação, enquanto a vítima fornece melhores informações. As informações passadas pela vítima ou informante são fundamentais para o sucesso no desfecho da ocorrência”, ressalta o Capitão.
Para auxiliar quem precisa acionar o telefone de emergência 190, a Polícia Militar divulgou um guia com orientações importantes:

O que é: O 190 é o número de telefone da Polícia Militar que deve ser acionado em casos de necessidade imediata ou socorro rápido. O atendimento 190 é instantâneo e recebe ligações de forma gratuita em todo o território, funcionando 24h por dia. Ao receber um chamado, os atendentes fazem uma breve filtragem dos relatos para avaliar as situações que precisam de pronta intervenção e, inclusive, subsidiar de informações os policiais no patrulhamento.

O que falar ao ligar 190: Explique detalhadamente o que está acontecendo e somente o que realmente presenciou de forma clara, mantendo a calma na medida do possível. Procure responder as perguntas do atendente de maneira direta e transparente, e permaneça na linha caso seja solicitado. Procure se atentar a todos os detalhes possíveis. Tenha sempre em mãos dados básicos, mas essenciais, que podem agilizar o atendimento, como o endereço completo do local da ocorrência (com ponto de referência caso haja), e as características das pessoas envolvidas. Abaixo, algumas dicas salutares nestes casos:

  • Endereço completo de onde ocorreu o fato;
  • Se os infratores estavam armados (arma de fogo, faca, etc.);
  • Quantos suspeitos/infratores foram visualizados;
  • Se eram homens e/ou mulheres;
  • O tipo de vestimenta e adornos (cores, coberturas, mochilas etc.);
  • Porte físico: magro, sobrepeso/adulto ou adolescente etc.;
  • Cor da pele, tipo do cabelo;
  • Se estavam a pé ou de veículo (tipo/modelo/cor);
  • E o sentido para onde se evadiram.

Você sabia?
Ao ligar no 190, e após o atendente identificar a ocorrência, as informações são repassadas ao despachador de maneira instantânea. Ou seja, por mais que o solicitante fique por longo tempo ao telefone, não significa que os dados serão repassados tão somente após o telefone desligar. O trabalho é dinâmico e ágil, onde as viaturas, muitas vezes, iniciarão o patrulhamento nas imediações e irão ao encontro da ocorrência, enquanto as informações ainda estão sendo retransmitidas via rádio. A tecnologia do 190 do Estado de São Paulo é referência no Mundo.

Quando ligar para o 190?

  • Quando está ocorrendo ou acabou de ocorrer um crime;
  • Quando a integridade física ou o patrimônio estiver em risco;
  • Acidentes de trânsito com pessoas feridas ou com crimes de trânsito;
  • Quando houver atividade suspeita com pessoas/veículos;
  • Situações graves que necessitem de intervenção imediata da polícia.