Daniel Alves é condenado

O jogador de futebol Daniel Alves, de 40 anos, foi condenado nesta quinta-feira (22), por agressão sexual pela justiça da Espanha. A juíza Isabel Delgado Pérez, da 21ª Seção da Audiência de Barcelona, determinou quatro anos e meio de prisão. Também foi imposto um período de cinco anos em liberdade vigiada, a ser cumprido após a pena prisional. Ele deve se manter afastado da casa ou local de trabalho da denunciante por, pelo menos, um quilômetro e não entrar em contato com ela, além de pagar uma indenização de €150 mil (R$805 mil) por Danos Morais e Físicos e arcar com as custas do processo.
Ainda cabe recurso da decisão para ambas as partes.
Daniel Alves cumpre prisão preventiva há 13 meses, desde o dia 20 de janeiro de 2023.

Entenda o caso

Daniel Alves foi acusado de agredir sexualmente uma mulher de 23 anos no banheiro de uma boate de Barcelona, no dia 30 de dezembro 2022. Ele foi detido no dia 20 de janeiro de 2023, quando compareceu para um depoimento e, desde então, não saiu mais, ficando recluso no Centro Penitenciário Brians 2, nos arredores de Barcelona.

Por Diego Destéfano


É expressamente proibida a reprodução parcial ou integral de qualquer artigo ou matéria sem a devida autorização por escrito do Agora Região. Em caso de descumprimento todas as medidas judiciais cabíveis serão tomadas.

®


 

® Proibida a Reprodução sem a devida autorização!!!