Luciana Aparecida Batista, mais conhecida como “Luciana do Léssio”, 50 anos, administradora, está no terceiro mandato no Legislativo.
Sandra Valéria Vadalá Müller, 60 anos, advogada, está em seu primeiro mandato como vereadora.
As duas foram eleitas na tradicional enquete do Programa “Pergunte e Responderemos”  da Rádio Comunitária Kerigma FM, como as melhores vereadoras de 2023.
Luciana teve a maioria dos votos dos ouvintes pelo Facebook e Sandra foi a escolhida pelos ouvintes que votaram pelo WhatsApp e na votação dos comentaristas.
Duas mulheres fortes, guerreiras que defendem com garra os interesses da população – em um período em que isso era taxado como oposição.
Além de mulheres, aquarianas do mês de fevereiro (Luciana, do dia 4 e Sandra, do dia 13), as duas escolheram a política por influência familiar e porque acreditam que somente ela pode transformar a vida da população.
Além disso, são unânimes em afirmar que a mulher por exercer uma infinidade de papéis na sociedade tem um olhar mais sensível e abrangente no acolhimento aos problemas da população.
Sandra afirma que o cenário de predominância masculina está mudando e que as mulheres têm capacidade para desenvolver um excelente trabalho na política. Luciana também acredita que as mulheres estão buscando seu espaço e, que na política, elas vêm para somar.
“Hoje estamos sendo valorizadas no cenário político por sermos combatentes, a voz da população, porque defendemos políticas públicas que atendam a população como um todo. Nós compreendemos o desespero de uma mãe que precisa trabalhar e não tem creche para deixar o filho, que tem um filho doente e não tem atendimento médico, não tem transporte público digno e que, por vezes, precisa acordar de madrugada para fazer um exame em outra cidade. Por isso,  incomodamos mais”, explica Sandra.
Os pensamentos em comum não param por aí. A reportagem do Agora perguntou a elas: “Qual seu maior desejo para Pirassununga?”
As duas responderam que o maior desejo é de que a cidade volte a ser exemplo de políticas públicas eficientes que atendam as necessidades da população tanto na saúde, na educação, na geração de empregos, no desenvolvimento econômico.
“Desejo uma gestão eficiente, que impacte positivamente na vida dos munícipes, que os projetos sejam estudados com atenção e que sejam aprovados se forem o melhor para população. Também desejo que o eleitor escolha o candidato que melhor lhe representa e não pela troca de favores”, explica Sandra.
“Desejo que as pessoas sejam respeitadas como têm de ser. Só assim Pirassununga voltará a ser a ‘Cidade Simpatia'”, conclui Luciana.