Forte chuva alaga 23 casas em Pirassununga

ALAGAMENTOS: Segundo Defesa Civil choveu 60 milímetros em duas horas

ALAGAMENTOS: Segundo Defesa Civil choveu 60 milímetros em duas horas

A forte chuva que caiu em Pirassununga na tarde deste sábado (17), deixou 23 casas alagadas. Famílias perderam móveis, eletrodomésticos e mantimentos. O bairro mais afetado foi a Vila Santa Fé.
Na Rodovia Euberto Nemésio Pereira de Godoy (SP-201), que liga Pirassununga ao Cerrado de Emas foram registrados quatro pontos de alagamentos em um trecho de 12 Kms. Na altura do Km 7, parte do asfalto do acostamento cedeu.
A Polícia Militar Rodoviária foi acionada, mas não houve necessidade de interdição. Vários veículos tiveram que aguardar a chuva passar para seguir pelo trecho.
Segundo Defesa Civil choveu 60 milímetros em duas horas (das 13h às 15h).
A Defesa Civil contabilizou os danos sofridos pelos moradores.
A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) distribuiu quatro colchões e quatro cestas básicas para as famílias mais afetadas. O prefeito Cícero Justino da Silva acompanhou o trabalho da Defesa Civil e da SMADS.
De acordo com o Serviço de Água e Esgoto de Pirassununga (SAEP), há dois meses foram feitos quase mil metros de novas linhas para aumentar a vazão de água das chuvas na Vila Santa Fé, mas não foi suficiente. Por isso, deverá avaliar a necessidade de melhorias em novos pontos. A região tem histórico de alagamentos.

Foto: ALAGAMENTOS: Segundo Defesa Civil choveu 60 milímetros em duas horas


É expressamente proibida a reprodução parcial ou integral de qualquer artigo ou matéria sem a devida autorização por escrito do Agora Região. Em caso de descumprimento todas as medidas judiciais cabíveis serão tomadas.

®


 

® Proibida a Reprodução sem a devida autorização!!!