Selo AgroSP: nova marca do governo reconhece boas práticas nas cadeias produtivas de SP

SELO AGROSP: Tecnologia de ponta, excelência técnica e práticas sustentáveis são atributos do agro paulista

SELO AGROSP: Tecnologia de ponta, excelência técnica e práticas sustentáveis são atributos do agro paulista

O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento e da Secretaria de Comunicação, lançou o selo AgroSP: uma forma de reconhecer a qualidade das cadeias produtivas do agronegócio do estado, desde produção e manejo até o processo industrial de desenvolvimento dos produtos.
Com o lema “São Paulo: terra que dá orgulho”, o selo reforça o apoio da gestão aos pequenos, médios e grandes produtores estabelecidos nos 645 municípios paulistas e reconhece, de forma pública, a contribuição do setor para o desenvolvimento de São Paulo.
A nova marca é uma forma de destacar aspectos como uso de tecnologia de ponta, excelência técnica e práticas sustentáveis na produção agrícola paulista.
O coordenador das Câmaras Setoriais da Secretaria da Agricultura e Abastecimento, José Carlos de Faria Jr, explica que selo é disponibilizado a partir de critérios técnicos definidos pela pasta.
“São Paulo tem mais de 30 cadeias produtivas que buscam a certificação de seus produtos para se diferenciar no mercado externo”, afirma. “O selo tem características que são elaboradas pelas áreas técnicas da secretaria, envolvendo a pesquisa e a extensão, junto com os produtores e as cadeias produtivas. Todos participam desenvolvendo essas metodologias e implementando isso”, completa.
A iniciativa envolve as cadeias da área animal e vegetal, além da agroindústria. A adesão ao selo é voluntária e está disponível para qualquer produtor. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento é responsável pela divulgação direta do selo AgroSP aos agroempreendedores paulistas.
Para ter acesso, é importante que os produtores façam parte ou acompanhem as discussões das câmaras setoriais temáticas da secretaria, onde se reúnem os atores da cadeia produtiva.
O objetivo é gerar inclusão e agregar valor ao produtor, mostrando a modernidade e a conexão do agro paulista com as melhores práticas de produção sustentável e responsável. (GovSP)

Foto SELO AGROSP: Tecnologia de ponta, excelência técnica e práticas sustentáveis são atributos do agro paulista